ARTIGOS

PODEMOS VIVER SEM A IGREJA?



PODEMOS VIVER SEM A IGREJA?

Eis uma boa pergunta. É sem dúvida uma indagação que merece reflexão. Para que possamos melhor analisar esta assertiva, o convido a refletir no seguinte versículo Bíblico:

“ ...Cristo amou a Igreja, e a Si mesmo se entregou por ela.” (Efésios 5 : 25).

Observem de que Jesus Cristo amou tanto Sua Igreja que por ela deu Sua vida. Com isso a Igreja se tornou santificada, pura, gloriosa, sem mácula, sem ruga, porém santa sem defeito! Cremos assim com respeito à Igreja? O que eu tenho feito pela Igreja? E você o que tem feito pela Igreja? E como podemos de todo o coração dizer: - não posso viver sem a Igreja? Se é difícil deixar de conviver com a Igreja, o que estamos fazendo para que ela receba o meu apego, o meu amor e dons? O amor a Deus está diretamente relacionado com a nossa dedicação à sua Igreja.

Irmãos despertem para o que está acontecendo ao seu redor! Idéias e maneiras conflitantes surgirão nos próximos tempos. Você e eu seremos testados exaustivamente. Não tente se agarrar a todo graveto que passar por você. Recolha-se e, em seu interior, retire sua força de Deus se apegue a Igreja e ao estudo da Palavra!

Estamos presenciando hoje através dos meios de comunicação a grande preocupação das pessoas com relação aos governantes do nosso país, a corrupção que consome os bons costumes, a degradação moral, o mundo sucumbe diante da arrogância daqueles que estão no poder, e se vangloriam dos seus atos, e assim por diante.

No mundo da globalização financeira, observa-se através de comentários de especialistas de que o pessimismo está influenciando os mercados globais.

Com os juros altos, a inadimplência aumentou e o temor de calotes fez o crédito sofrer uma desaceleração expressiva nos EUA. como um todo. Sem oferta suficiente de crédito, a economia dos EUA desaqueceu. Com menos liquidez (dinheiro disponível), menos se compra, menos as empresas lucram e menos pessoas são contratadas. Gigantes do setor hipotecário, como a American Home Mortgage (AHM), uma das 10 maiores empresa do setor de crédito imobiliário e hipotecas dos EUA, pediu concordata recentemente. A
Countrywide Financial, outra gigante do setor, teve de ser comprada pelo Bank of America. Por vivermos num mundo cada vez mais globalizado as nações sofrerão influências no setor econômico, e o Brasil já nos próximos dias deverá conhecer mais de perto as dificuldades nesta área de atividade. Buscam-se fontes
alternativas para solucionar os problemas.

Estamos cada vez mais ingressando nos tempos difíceis como fala em II Timóteo 3 : 1,2,13 onde os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos e vão de mal a pior.

A Palavra do Senhor nos orienta para que estejamos atentos, vigiando a todo tempo. De maneira alguma podemos ficar fora do Corpo de Cristo que é a Igreja. Por mais que possam advir dúvidas e temores estes não podem afetar os Filhos de Deus, os quais pelo conhecimento da Palavra estarão firmes, inabaláveis como uma rocha. Ventos e tempestades podem surgir lá fora, mas não afetarão os fiéis. Deus precisa dos seus e que esses sejam fortes e corajosos, certos da verdade interior que ninguém poderá os tirar. É em outras palavras o prenúncio da grande volta de Jesus Cristo! Não se deixe sugar pelo torvelinho do conflito e da desesperança que existe no mundo atualmente. Deus é a nossa âncora! Deixe que a Sua Paz e o Seu Amor o preencha e o envolva, em nome do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

UM FELIZ SÁBADO!

Paz Seja Convosco!
Pr. Muricy M. da Rocha Loures Jr. (Laranjeiras do Sul Pr.)
13/02/15