ARTIGOS

PAPAI NOEL ONDE TE ENCONTRO NA BÍBLIA?



PAPAI NOEL ONDE TE ENCONTRO NA BÍBLIA?

Vivemos os últimos momentos deste mundo de pecado. O povo de Deus anela pela breve volta do Nosso Senhor e Redentor Jesus Cristo para por fim a este mundo repleto de sofrimentos, de angústias, de dor, e de conflitos sociais de toda ordem. Mas, diante das maravilhosas promessas que observamos nas Sagradas Escrituras, o nosso ser se fortalece e se encoraja para que possamos desempenhar a grandiosa tarefa de contar ao mundo as Boas Novas. Muito embora, com tristeza a Bíblia prediz um tempo em que a confiança na Palavra de Deus será abalada:

“Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade,entregando-se às fábulas.” (II Tim. 4 : 3 e 4).

Estamos no mês de Dezembro e quer queiramos ou não é um mês diferente. As pessoas se preparam para a festa natalina e final de ano. Fim de ano é sempre assim. Comemorações, festas, jantares em família, ceias de Natal e reveillon. Comidas extravagantes, bebidas à vontade. Para a maioria das pessoas não é fácil resistir. A figura vestida de vermelho e branca seduz crianças, jovens e adultos. É o famoso papai
noel, o natal que altera a vida das pessoas nesta época do ano. As denominações religiosas confundem o entendimento das pessoas com a crença de que devemos comemorar o natal e apresentam o velhinho de vermelho e branco para iludir as pessoas e notoriamente as crianças. Auxiliam as falsas crenças em aumentar o amor ao sistema materialista. Cegam os homens e os impede de ver a beleza da VERDADE BÍBLICA.

É evidente que o natal – o mais popular feriado do ano – tornou-se deveras comercializado. Nessa ocasião, as pessoas enchem as ruas da cidade e esbarram umas nas outras em volta de balcões abarrotados,
torturando o cérebro a fim de imaginar quais presentes devem comprar para amigos e familiares. Neste ponto lhe chamamos atenção. Você acredita em Papai Noel? Ele existe? É verdade ou mentira? Se for verdade devemos encontrar no contexto Bíblico a razão da sua comemoração, se é que Jesus Cristo verdadeiramente nasceu dia 25 de dezembro, como grande parte das religiões apregoa. Papai Noel você que traz tantos encantos e fantasias no mundo infantil, onde te encontro na Bíblia?

É evidente que a figura folclórica do papai noel é uma farsa. Uma mentira. Em sendo mentira por que as denominações religiosas que comemoram o natal não excluem de sua prática a figura deste personagem? Estão com a Bíblia em suas mãos, e ainda auxiliam as crianças a acreditarem numa mentira? Por quê?

A Bíblia diz:

“Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o
que é a segunda morte.” (Apoc. 21: 8). Observem a situação dos mentirosos! A sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte! Quem está falando é a Palavra do SENHOR!

“Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;” (Colossenses 3 :
9, 10).

De outro lado, se analisarmos as origens históricas do Natal, verificamos que elas encontram-se nas práticas pagãs dos povos da antiguidade e nunca na Bíblia. O Livro dos Livros em nenhum ponto refere que o nascimento de Cristo devesse ser celebrado, além disso, pela própria Bíblia sabemos que esse nascimento nunca poderia ter ocorrido em Dezembro, como é consensualmente admitido pelos eruditos do estudo Bíblico.

A Enciclopédia Encarta refere: “Os estudiosos crêem que, em parte, os ritos natalícios derivam de cultos pré-cristãos de origem germânica e celta, os quais celebravam o solstício de inverno. O festival cristão
celebrado após o IV século incorporou estes ritos pagãos, assim como os seus símbolos (árvore, bolas de enfeite, etc.). A Enciclopédia Bíblica adianta:”

Quando a Igreja se tornou a Igreja do império romano, incorporou muito dos seus ritos e celebrações pagãs, nomeadamente as emanadas de Babilônia e do Egito.”Assim, podemos concluir que a celebração do Natal não é Bíblica, ela é uma incorporação de celebrações pagãs e, principalmente, da festa romana designada “Natalis Solis Invictus” ( O nascimento do sol invencível).

Leiamos o que está no Livro de Mateus 15 : 7 – 9: “Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.”

É um alerta a todos que ainda estão com os seus entendimentos profundamente enraizados nas tradições da sociedade e na prática das famílias. Biblicamente onde está a licitude da comemoração do Natal?

Sobre a VERDADE BÍBLICA, sejamos detentores das mesmas Palavras do Senhor ao apóstolo Paulo: “E disse o Senhor, em visão, a Paulo: Não temas, mas fala e não te cales;” (Atos 18 : 9).

Paz Seja Convosco!
Pastor Muricy M. da Rocha Loures Jr. (Laranjeiras do Sul Pr.)
01/12/14